‘Não queremos ser protagonistas do período eleitoral, mas todos os abusos serão devidamente coibidos’, afirma comandante Arthur Mascarenhas

O tenente coronel Arthur Mascarenhas comandou a 34ª CIPM em Brumado com muita eficácia | Foto: Brumado Urgente Conteúdo

Muito conhecido dos brumadenses, já que exerceu por quase um ano o comando da 34ª CIPM, o tenente coronel Arthur Mascarenhas hoje está em Guanambi a frente do 17º Batalhão da PM. Respeitado pelo seu alto grau de resolutividade, ele foi entrevistado pelo apresentador Carlos “Kaká” Silva da Rádio CidadeWeb e, de forma muito segura, garantiu que a circunscrição do 17º Batalhão que engloba os municípios em torno de Guanambi terá tolerância zero quanto aos abusos que costumam ocorrer antes das eleições. ‘Não queremos ser protagonistas do período eleitoral, mas todos os abusos serão devidamente coibidos’, afirmou. Mascarenhas acentuou que as medidas preventivas, inclusive dentro do protocolo da Covid-19, serão cumpridas à risca. Agora ele fez questão de ressaltar um dos maiores desafios que são os exageros sonoros peculiares ao período eleitoral. “Já apreendemos mais de 20 motocicletas na Operação Kadron e a rigidez será cada vez mais intensa”, observou. Elevando o tom, ele afirmou que “as perturbações do sossego também terão uma atenção maior de nossa corporação, tanto que já apreendemos 2 trios elétricos na cidade de Matina, os quais estavam totalmente fora da legislação eleitoral e já recebemos informações sobre um paredão em Carinhanha, o qual se continuar com sua poluição sonora, também será aprendido”. E pontuou que “estamos numa sintonia fina com a Justiça Eleitoral e o MPE e vamos atuar firme para que a vontade popular prevaleça e a democracia se consolide ainda mais em nossa região”.