Roteiristas da série de ficção sobre Marielle Franco pedem demissão coletiva

Os cinco roteiristas da série de ficção sobre Marielle Franco, vereadora pelo PSOL assassinada em 2018, que será dirigida por José Padilha, pediram demissão esta semana. Segundo o Globo, fora montada uma equipe só com profissionais negros, a maioria, mulheres.

O grupo estava trabalhando desde abril na produção, idealizada por Antonia Pellegrino e prevista para ir ao ar em 2021, pela Globoplay. A demissão coletiva “foi por divergências na condução da narrativa sobre a vida da vereadora”.

Quando o nome de Padilha – premiado diretor de “Tropa de elite” – foi anunciado para a direção da série, ocorreram críticas nas redes sociais, por ter sido escolhido “um homem branco e crítico da esquerda”.