Morre juiz Almir Lelis vítima de câncer em Guanambi

O juiz Almir Edson Lélis Lima morreu vítima de câncer na noite de segunda-feira (16) em Guanambi. Almir estava internado para tratamento de um câncer, no Hospital Aliança.

Conforme informação da família do magistrado, o corpo de Almir está sendo velado até às 13h, no Salão do Júri, em Guanambi, mas no período da tarde será velado no Salão do Júri, no Fórum Alcebíades Laranjeiras, em Palmas de Monte Alto.

O magistrado tinha 66 anos, casado e pai de três filhos, sendo dois advogados e uma psicóloga. Natural de Palmas de Monte Alto, Almir formou em Direito em 1977, mas no final de 1992 entrou para a magistratura.

O sepultamento acontece às 17h, no Cemitério de Palmas de Monte Alto, segundo informação da família.

A primeira Comarca de Almir foi Igaporã, contudo, ele atuou em Riacho de Santana, Carinhanha, Candeias e há mais de 10 anos estava na 2ª Vara Cível de Guanambi.

Membro da Rotary Clube de Guanambi, Almir era apaixonado pelos trabalhos sociais. Amigos lamentaram a morte do colega.

Fonte:. Folha do Vale