Ministro Marco Aurélio Mello comunica ao STF que vai se aposentar em 5 de julho

Decano do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Marco Aurélio Mello vai se aposentar em 5 de julho. A informação consta em ofício encaminhando por ele à presidência da Corte, segundo o G1.

O ministro se aposentaria compulsoriamente no dia 12 de julho, quando completa 75 anos. À TV Globo, ele disse que a formalização ocorre com antecedência para facilitar questões administrativas relativas ao processo de saída.

Marco Aurélio declarou também que espera que o presidente Jair Bolsonaro espere sua saída para apresentar um substituto, ao contrário do ocorrido na ocasião da aposentadoria de Celso de Mello – o ministro Nunes Marques foi indicado enquanto o ministro ainda estava no tribunal.

“Eu espero que o presidente me respeite. Não tem motivo para açodamento. Será que ele já quer me ver pelas costas assim? Eu vou continuar com o mesmo ânimo de sempre até o final”, disse Marco Aurélio.

Vale lembrar que não há prazo para o presidente escolher o substituto, que precisa ser sabatinado e aprovado pelo Senado.

Em junho deste ano, Marco Aurélio completa 31 anos de STF. Ele chegou ao Supremo em 13 de junho de 1990, indicado pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello, seu primo. Foi o primeiro integrante da Justiça do Trabalho a atuar na Corte.

Bahia Notícias